TEMPO DE KUARUP

 

No Alto Xingu, o falecimento de um chefe abre a oportunidade para a realização de sua homenagem no Kuarup. Todo o ritual, que pode durar até um ano, é composto de uma série de eventos cerimoniais preparatórios. Ao passo que as tradições milenares se perpetuam, novos elementos vêm enriquecer ou ameaçar a execução do ritual. O mito de criação é reinventado pelos Yawalapíti e outros xinguanos, através de uma festa muito triste, porém muito alegre.

​​​CINEMAANTROPOLÓGICO E DOCUMENTÁRIO